Entenda as fases do desenvolvimento infantil e sua importância

Entenda as fases do desenvolvimento infantil e sua importância

Postado em:
Blog - Educação Infantil
- 08/03/2019 16:54:32

 

Compreender as fases do desenvolvimento infantil é fundamental para que se tenha uma relação mais organizada com as crianças, no que se refere ao processo de aprendizagem e aos estímulos mais adequados para cada momento do crescimento intelectual e motor do seu filho.

No artigo a seguir, você entenderá melhor essas fases, que são amparados pela teoria de Jean Piaget. Leia mais.
 

Piaget e as fases da criança


As fases do desenvolvimento infantil podem ser entendidas, segundo Piaget, em quatro estágios:
  • sensório (motor);
  • simbólico,
  • operações concretas;
  • operações formais.
 
Jean Piaget (1896-1980) foi um psicólogo e filosofo suíço de grande renome quanto se trata de inteligência infantil. Ele afirmou que um indivíduo aprende quando constrói e reconstrói o seu pensamento por meio da acomodação e assimilação de estruturas.
 
O pesquisador ainda destacou, ao longo da revolução que promoveu na Pedagogia tradicional, que "as estruturas operatórias da inteligência não são inatas”, e que, para o seu pleno adiantamento, é fundamental que sejam estimuladas, de forma respeitosa, com cada etapa da vida da criança. 


A mente da criança é como uma caixa vazia ávida por informações?


Como se pode notar, não há como falar em fases do desenvolvimento infantil, sem buscar suporte em Jean Piaget, pesquisador de Educação e Pedagogia, que fez descobertas preciosas referentes ao modo como o mundo adulto imaginava ser o raciocínio e a capacidade de aprendizagem das crianças.
 
Antes de Piaget, acreditava-se que a mente de um indivíduo na infância era como uma caixa vazia, apta apenas a receber conhecimento. Mas não, elas têm capacidade própria para raciocinar e fazer suas inferências. Ou seja, precisam de abordagens educacionais apropriadas, que respeitem as suas idades e capacidades particulares de produção e absorção de conhecimento.
 

Crianças são ativas construtoras de conhecimento


A leitura e a escrita são atividades diretamente ligadas a todo o desenvolvimento intelectual da criança. Mais que isso, são resultado da maturação do indivíduo e, ao mesmo tempo, são motivadoras da busca por novos degraus.
 
Ler para ou com uma criança, por exemplo, é uma ferramenta interessantíssima para, além de fortalecer o vínculo afetivo, proporcionar o aguçamento da criatividade, curiosidade e capacidade de interação social e intelectual. 
 
"O principal objetivo da educação é criar indivíduos capazes de fazer coisas novas e não simplesmente repetir o que as outras gerações fizeram”, alertou o pedagogo Piaget, com foco na sistematização eficiente da maneira como o conhecimento será ofertado ao indivíduo na fase infantil e quais possíveis resultados poderão ser colhidos. Esse processo é o que ele chama de “construção e desconstrução do pensamento”.

Os estágios e a autossuficiência da criança

Estágio sensório (motor)

Segundo Piaget, a primeira etapa do desenvolvimento infantil é a sensório motor, que compreende o período de 0 a 2 anos de idade.
 
Como o próprio nome já sugere, aqui é o início do desenvolvimento das coordenações motoras. Sendo assim, é hora de aprender a diferenciar objetos e de conhecer o próprio corpo. Nesse estágio, o pensamento é mais palpável, mais concreto. Além disso, é o período que o bebê começa a trabalhar a linguagem por meio de sinais, como palavras curtas, choro, gritos e até mesmo jogando objetos no chão.
 
No estágio sensório motor também é explicado o porquê da criança chorar quando fica longe da mãe. Segundo Piaget, isso acontece porque nessa etapa, para os pequenos, só existe aquilo que eles podem ver ou tocar, portanto, quando a mãe sai do campo de visão e audição do bebê é como se ela não existisse.

Estágio Simbólico

O segundo estágio do desenvolvimento infantil é o simbólico, que compreende o período de 2 a 7 anos de idade. É nessa etapa que a socialização, a linguagem escrita, que ainda é feita somente por desenho e rabiscos, e a linguagem verbal ganham destaque.
 
Durante o desenvolvimento do estágio simbólico a criança falará frases com cada vez mais palavras e dramatizações. Além disso, o pensamento é bastante egocêntrico, pois é a fase em que o pequeno é mais centrado em si e não tem a capacidade de se colocar no lugar do outro. Ah! E se prepare para a enxurrada de “por quês”.  

Estágio das Operações Concretas


A fase de operações concretas vai de 7 a 11 anos de idade e é caracterizada por uma sequência no desenvolvimento intelectual. Aqui, o pensamento ainda é egocêntrico, já apresenta uma lógica, mas desde que tenham uma situação concreta.
 
Além disso, nesse estágio do desenvolvimento infantil que se dá a noção de tempo e espaço, de velocidade, de ordem e a capacidade de se relacionar em diferentes âmbitos. No entanto, é um estágio em que a criança ainda precisa de algo concreto e tangível para imaginar a abstração.

Estágio das Operações Formais

Por fim, Piaget definiu o último estágio do desenvolvimento como de operações formais, sendo que é o período que se inicia aos 11 anos de idade.
 
É aqui que o corpo e a mente passarão por mudanças importantes e que resultam em relacionamentos mais complexos, pois haverá a necessidade de tomar decisões sobre a sua vida pessoal. Para isso, o relacionamento interpessoal se dá com base nas linguagem escrita e verbal.
 
É também conhecida como a fase de transição para a vida adulta, pois é rica em criações e desenvolvimento do pensamento mais amplo, carregado por experiências vividas e inferências.
 

A importância dos livros para o desenvolvimento da criança

 
A leitura infantil, que é lúdica e repleta de ilustrações, é fundamental para a recreação, aquisição de conhecimentos e de interação. Os livros infantis têm a capacidade de apresentar novas culturas, imagens e de desenvolver a capacidade de descobrir novas emoções.
Além disso, é ainda criança que desenvolvemos muitas habilidades e costumes, portanto, ao apresentar livros ao seu pequeno, estará ajudando-o a criar o hábito da leitura quanto se tornar um adolescente e adulto.

Categorias

Fique informado!

+ Posts

5 dicas para fazer uma viagem com crianças sem dores de cabeça
5 dicas para fazer uma viagem com crianças sem dores de cabeça
Saiba como escolher o melhor presente para criança
Saiba como escolher o melhor presente para criança
Nota de esclarecimento - Direito de resposta
Nota de esclarecimento - Direito de resposta
Conheça 5 desafios na educação de gêmeos e saiba como superá-los
Conheça 5 desafios na educação de gêmeos e saiba como superá-los
Saiba o que fazer para estimular a linguagem oral e escrita na educação infantil
Saiba o que fazer para estimular a linguagem oral e escrita na educação infantil