5 dicas valiosas e importante de como educar os filhos

5 dicas valiosas e importante de como educar os filhos

Postado em:
Blog - Educação Infantil
- 09/07/2018 18:05:44

Alguns pais sempre se deparam com a pergunta: como educar os filhos? As coisas vão mudando com o passar dos anos, mas a preocupação dos pais com seus pequenos continua a mesma. Acreditamos que não exista uma fórmula mágica para a criação perfeita, mas sabemos que existem formas de fazer tudo funcionar bem e em harmonia.

Saiba nesse artigo 5 dicas valiosas de como educar os filhos.
 

1. Melhore a comunicação

É possível dizer que em alguns dos casos o que reconhecemos como “birra”, pode ser um mal entendimento da criança. Se estiver lidando com crianças mais novas, de 2 a 4 anos, é bem provável que isso esteja acontecendo. Por não saberem falar direito, crianças são mais atentas para a comunicação não verbal, ou seja, como você age pode dizer muito mais do que o que você comunica verbalmente. 

Sendo assim, usar frases simples e objetivas podem facilitar a compreensão do que você está informando ou pedindo. Uma vez que crianças aprendem muito por repetição, é bom usar sempre que possível as tão conhecidas palavrinhas mágicas como “obrigado” e “por favor”. Comunique-se fazendo gestos sutis ou que expressem aquilo que você está tentando comunicar, por exemplo, ao dizer “olhe aqui” aponte para onde a criança deve olhar.

2. Aprenda com seu filho

Acabamos, por muitas vezes, acreditando que só podemos ensinar para nossos filhos e que o contrário não acontece. A verdade é que podemos aprender muito com as crianças, uma vez que os pais se encontram em dúvida sobre certos procedimentos, é viável procurar saber a opinião da própria criança sobre. Quantas vezes você acreditou que seu filho estava com fome e, ao propor uma colherada de papinha, ele recusou?

Bebês e crianças podem não saber se comunicar verbalmente em algumas vezes, mas eles comunicam e ensinam bastante com seus olhares, gestos e choros. Busque aprender e entender esses códigos e você vai aprender e entender muito sobre seu filho.

3. Sempre é bom que existam limites

Estabelecer limites é sempre uma questão a ser considerada sobre como educar os filhos. De acordo com a psicopedagoga, psicomotricista e professora de educação física, Carmen Costa, “a criança precisa de regras claras, simples e fixas para entender o mundo e se sentir segura”. Educar bem não é sinônimo de permitir tudo e não estipular limites, mas sim ponderar entre as duas coisas. 

Os pais não sentirem que têm autoridade em relação aos filhos é um problema real da atualidade. Mesmo crianças mais novas são capazes de discernir o “sim” do “não” e entender o que pode fazer e o que não pode fazer. Portanto, comunique de forma clara e simples os limites estabelecidos para que seu filho crie consciência sobre ações que podem o colocá-lo em risco.

4. Evite reprimir expressões e sentimentos do seu filho

Busque não reprimir os sentimentos de seu filho. Quando a criança chora, por exemplo, é uma forma que ela encontrou de expressar alguma coisa que está sentindo. Sendo assim, quando falamos para ela parar de chorar ou que chorar é errado, estamos ignorando e prejudicando a forma com que a criança lida com seus sentimentos.

A melhor forma de lidar com esse tipo de situação é conversar com seu filho para entender o que está acontecendo. É preciso que você entenda se ele está se sentindo triste ou frustrado com alguma situação e que ele não precisa agir dessa forma ao experimentar essa sensação. É preciso que você mantenha a calma, domine suas emoções e dê o exemplo para seu filho de como manter a calma em situações estressantes.

5. Não use a mentira como aliada

Mentir pode abalar muito a confiança que seu filho sente por você, portanto, tome cuidado com as pequenas mentirinhas. Lembre-se que você é o exemplo para seu filho, sendo assim, caso ele entenda que você conta mentiras, é possível que ele comece a mentir também.

Sempre exponha a situação como ela é de verdade. Por exemplo, se vocês farão uma viagem ou passar por um processo que ele precisará esperar por muito tempo, explique a situação e conte que vai demorar. Ao colocar a situação como ela verdadeiramente é, busque também apresentar soluções ou alternativas para lidar com aquela situação. Se uma injeção vai doer, explique que vai ser por pouco tempo, que vai ser rápido e que ele é forte para lidar com a situação. Dessa forma você também educa seu filho a lidar com possíveis dificuldades que ele terá e, também, mostra que ele pode confiar em você.


Categorias

Fique informado!

+ Posts

Saiba quais são os tipos de ciúmes de irmão e como evitá-los
Saiba quais são os tipos de ciúmes de irmão e como evitá-los
Como identificar características da deficiência auditiva e da surdez
Como identificar características da deficiência auditiva e da surdez
Saiba como cuidar do umbigo do bebê recém-nascido
Saiba como cuidar do umbigo do bebê recém-nascido
6 dicas especiais  para grávidas de primeira viagem
6 dicas especiais para grávidas de primeira viagem
Criança estressada tem menor desempenho na escola. Entenda por que
Criança estressada tem menor desempenho na escola. Entenda por que