Entenda como funciona a guarda compartilhada e o bem estar dos filhos

Entenda como funciona a guarda compartilhada e o bem estar dos filhos

Postado em:
Blog - Educação Infantil
- 27/08/2018 17:38:50

Nesse texto iremos falar sobre como funciona a guarda compartilhada. No meio dos processos de divórcio, a questão sobre a guarda dos filhos é um ponto muito importante. Entenda mais sobre a guarda compartilhada, a relação dela nos processos de divórcio e a importância de criar ambientes saudáveis para os filhos.
 
Continue lendo.

Como funciona a guarda compartilhada

Houveram muitas alterações legislativas para a implementação dessa lei. A guarda compartilhada é definida como responsabilização e exercício conjunto dos direitos e deveres dos pais concernentes ao poder familiar dos filhos (Código Civil, artigo 1.583). Algumas pessoas ainda não entendem como funciona a guarda compartilhada, sendo assim, vamos falar um pouco sobre.
 
De acordo com a lei, a guarda compartilhada tem como objetivo dividir o tempo de convívio dos pais com os filhos de forma equilibrada. Por exemplo, eles deverão decidir em conjunto sobre a forma de criação e educação da criança.
 
O juiz responsável pelo caso estabelece o local onde o filho deve residir e o foco é tomar decisões que melhor atendam aos interesses da criança. De acordo com a nova lei, em 2014, a guarda compartilhada é obrigatória e é um dever dos pais atender as decisões tomadas pelo juiz. Essa obrigatoriedade só poderá ser descartada em casos muito específicos e excepcionais.

Interferência nos processos de divórcio

Essa pode ser uma dúvida muito presente na hora em que se busca saber como funciona a guarda compartilhada. Quanto aos processos de divórcio, nada se altera. A única mudança está relacionada à regulamentação de visitas ou limitações dessas por parte de um dos pais.
 
Ou seja, o filho mora com um dos pais mas como falado anteriormente as decisões são tomadas em conjunto. Sendo assim, os pais podem acordar livremente sobre essa especificidade.
 
Além disso, na guarda compartilhada não existe a perda de guarda por um dos lados. A guarda é compartilhada, ou seja, diz respeito aos dois. A possibilidade de mudança de cenário existem quando acontece o requerimento por um dos pais de alteração da guarda compartilhada para a guarda unilateral.

O bem estar dos filhos

A felicidade e educação dos filhos é o que realmente importa, portanto, é necessário e muito importante que os pais entrem em um acordo saudável para todos. Sendo assim, criando uma situação tranquila que diminui o impacto do divórcio sobre as crianças.
 
Existem diversas formas de se fazer um acordo para fins de que os filhos aproveitem de ambos os lares. Por exemplo, revezar datas festivas pode ser um acordo interessante e sadio a se fazer. A criança passar o natal com um e o ano novo com o outro, fazendo assim com que todos aproveitem as festividades.
 
É importante que os pais estejam presentes na vida de seus filhos, reforçando sempre o seu laço afetivo mesmo após a separação. Criar ambientes seguros e que proporcionem o desenvolvimento bom e saudável da criança é imprescindível.


 

Categorias

Fique informado!

+ Posts

Saiba quais são os tipos de ciúmes de irmão e como evitá-los
Saiba quais são os tipos de ciúmes de irmão e como evitá-los
Como identificar características da deficiência auditiva e da surdez
Como identificar características da deficiência auditiva e da surdez
Saiba como cuidar do umbigo do bebê recém-nascido
Saiba como cuidar do umbigo do bebê recém-nascido
6 dicas especiais  para grávidas de primeira viagem
6 dicas especiais para grávidas de primeira viagem
Criança estressada tem menor desempenho na escola. Entenda por que
Criança estressada tem menor desempenho na escola. Entenda por que