6 dicas especiais  para grávidas de primeira viagem

6 dicas especiais para grávidas de primeira viagem

Postado em:
Blog - Doce Leitura
- 16/11/2018 14:24:25

A chegada de um filho é algo único na vida de uma mulher. Quando engravidamos e observamos a barriga crescer, nasce em nós a certeza de que fomos criadas para aquele momento. Corpo e alma se entregam totalmente para alguém, que não conhecemos, mas que já amamos incondicionalmente.
Quando essa experiência se dá pela primeira vez, são tantas descobertas e medos que quase ficamos loucas. Será que ele vai se parecer comigo ou com o pai? E se eu não acordar a noite quando ele chorar? E se eu não souber educar? São tantos  “sess” e poucas respostas. Mas, há algumas dicas que podem te ajudar nesta hora. Acompanhe este post e descubra.
 

Observe e conheça o seu corpo

É natural, muitas mães vão querer passar para você as suas experiências, mas nenhum corpo é igual ao outro. As experiências de outra mulher podem não ser as suas.
A sua saúde psicológica e física pertencem somente a você e possuem características únicas.  Ouça esses conselhos com tranquilidade, mas fique atenta aos sinais que o seu corpo lhe dará. Relate tudo ao seu médico e não deixe de fazer o pré-natal. Não minimize nenhum sintoma, deixe que o médico diga o que é grave ou não.

Não absorva experiências negativas

Acredito que as pessoas não fazem isso por mal, mas é comum algumas mulheres relatarem experiências negativas que tiveram ao engravidar como sofrimento na hora do parto ou mortes de mães e filhos. As grávidas possuem uma sensibilidade muito grande, choramos, muitas vezes até sem motivos.
Coisas deste tipo podem nos abalar muito. Não absorva essas coisas dentro de você e evite pessoas negativas ao lado. Se necessário seja incisiva ao dizer que não quer ouvir este tipo de coisa. E lembre-se! O nascimento de um filho é algo único e a sua experiência será maravilhosa!
 

Sozinha em meio a multidão

Sim, você pode estar do lado do pai da criança, da sua mãe, dos seus amigos, mas a gestação é algo solitário. Você terá sentimentos e sensações que não conseguirá dividir com ninguém. 
E se o fizer provavelmente será tachada de melindrosa ou coisa pior. Ninguém sentirá o mexer na barriga como você. Colocarão a mão, mas a sensação será só sua. Este é o seu universo! Aproveite, porque vai passar e você sentirá saudades.

Se envolva nos preparativos

Uma boa maneira de se desestressar e passar a gestação tranquilamente e se envolvendo ativamente nos preparativos da chegada do bebê. 
A escolha do nome, das roupinhas do bebê, os móveis do quarto, as cortinas, o nome bordado a mão em cada peça. Este clima de amor e aconchego dará paz a você. Conte com o apoio da família e do pai da criança, mas não deixe de realizar os seus nesta hora.

Tenha bons hábitos alimentares

Parece algo óbvio, mas não podemos deixar de lembrar dos hábitos alimentares. A sua saúde e a saúde da criança dependem disto. Consulte um bom nutricionista para que você possa se alimentar bem e não ganhar muito peso. Frutas, verduras e muita água com certeza entrarão no cardápio.

Pratique atividade física

Estudiosos, em todo mundo, confirmam que atividades físicas realizadas moderadamente auxiliam na saúde da mulher grávida. No entanto, para que isso seja feito de forma segura, você precisa consultar o seu médico e ter acompanhamento de um instrutor ou personal. No mais… fique tranquila o seu bebê nascerá lindo e saudável! 


 

Categorias

Fique informado!

+ Posts

Saiba quais são os tipos de ciúmes de irmão e como evitá-los
Saiba quais são os tipos de ciúmes de irmão e como evitá-los
Como identificar características da deficiência auditiva e da surdez
Como identificar características da deficiência auditiva e da surdez
Saiba como cuidar do umbigo do bebê recém-nascido
Saiba como cuidar do umbigo do bebê recém-nascido
Criança estressada tem menor desempenho na escola. Entenda por que
Criança estressada tem menor desempenho na escola. Entenda por que
Saiba quais são os sintomas de autismo em crianças
Saiba quais são os sintomas de autismo em crianças