Entenda a idade dos porquês e saiba como agir nesta hora

Entenda a idade dos porquês e saiba como agir nesta hora

Postado em:
Blog - Doce Leitura
- 19/12/2018 16:34:26

A idade dos porquês é linda, cansativa e nos deixa, muitas vezes, sem jeito e sem respostas. Ao mesmo tempo, é maravilhoso ver os pequenos se desenvolvendo, cheio de curiosidades e com o olhar brilhante e atento a tudo o que acontece à sua volta.
São tantas perguntas que às vezes nos falta tempo e paciência para responder. No entanto, esse é um período importante no desenvolvimento da criança que deve ser respeitado. Todas as perguntas devem ser respondidas de forma clara, objetiva sem mentiras ou fantasias. Acompanhe este post e entenda um pouco mais! 

A construção da identidade

O aprendizado de uma criança ocorre desde o seu nascimento. Antes mesmo de começar a falar, a criança já possui curiosidades sobre tudo o que observa. Quando ela começa a se expressar ela tem a oportunidade de perguntar tudo aquilo que queria.
A idade dos porquês começa por volta dos 3 anos e à medida que vai se desenvolvendo e crescendo as perguntas vão ficando mais frequentes e profundas. As crianças simplesmente questionam quase tudo o que querem compreender. Segundo os pesquisadores é neste período que a criança desenvolve a capacidade de criar imagens mentais sem que o objeto esteja presente.

Um olhar atento a tudo

É na idade dos porquês a criança começa a observar e sentir os estímulos e isso vai muito além da sua compreensão. Ela percebe a si mesma, aos outros e as as regras regidas pelas coisas à sua volta e quer entender como tudo isso se encaixa. Para compreender tudo isso a criança conta com o apoio do adulto em quem ela mais confia seja pai, mãe, tios ou parentes mais próximos.

Na música e na vida

A cantora e compositora Paula Toller vivenciou a experiência dos porquês com seu filho Gabriel e foi tão marcante que registrou tudo isso em uma canção realmente linda e tocante. Confira essa versão interpretada por Adriana Calcanhotto.
https://youtu.be/6GTAcoouQsI

Responder é importante

Em meio a tanta pergunta é normal que haja impaciência ou falta de tempo para dar à devida atenção a criança, mas é preciso pensar que você faz parte de um momento importante para ela. Por isso, respire fundo e elabore uma resposta clara, sem rodeios e baseada na verdade. Se você não souber responder diga a ela que você vai procurar a resposta e que depois explica tudo.
E lembre-se de realmente fazer isso para que ela não fique sem resposta. Irrita-se com a criança ou mesmo menosprezar a sua curiosidade pode fazê-la se sentir desvalorizada e pode até mesmo fazer com que ela perca a vontade de descobrir as coisas. Não permita que o medo e a insegurança paralisem o seu processo de aprendizagem.

Dicas para auxiliar os pais nas respostas

Em meio à impaciência, se coloque no lugar da criança e descubra como gostaria de ser tratado nesta hora. Com certeza você chegará à conclusão que uma resposta regada à muito carinho e atenção será a melhor escolha.
Dê respostas adequadas à idade ou maturidade da criança. Não lhe trate como adulta com termos e temas pesados demais para ela e não a infantilize demais contando histórias fantasiosas. Respeite o tempo de cada criança.
 

Categorias

Fique informado!

+ Posts

Saiba o que fazer para estimular a linguagem oral e escrita na educação infantil
Saiba o que fazer para estimular a linguagem oral e escrita na educação infantil
Saiba como se preparar para adotar uma criança no Brasil
Saiba como se preparar para adotar uma criança no Brasil
Afinal, bebês devem dormir no escuro? Saiba como agir nesta hora
Afinal, bebês devem dormir no escuro? Saiba como agir nesta hora
Saiba o que fazer no nascimento dos primeiros dentes do seu bebê
Saiba o que fazer no nascimento dos primeiros dentes do seu bebê
Conheça os melhores animais de estimação para crianças
Conheça os melhores animais de estimação para crianças