Saiba quais são os tipos de ciúmes de irmão e como evitá-los

Saiba quais são os tipos de ciúmes de irmão e como evitá-los

Postado em:
Blog - Doce Leitura
- 05/12/2018 18:06:07

Brigas, caras emburradas e muita confusão. Esse é o dia a dia de pais que possuem mais de um filho e que convivem com os ciúmes entre eles. Um beijo ou um carinho a mais e você logo percebe um olhar de cobrança do outro lado. O Ciúme faz parte do desenvolvimento de qualquer criança. É neste período que ele vai perceber que não é o centro das atenções e que na vida terá que dividir a atenção de quem ama com outras pessoas.
No entanto, é possível tomar algumas atitudes para amenizar a situação e mostrar a eles que todos são amados da mesma forma. Acompanhe este post e descubra um pouco mais sobre os tipos de ciúmes de irmão.

Compreenda a origem do ciúme

O ciúme pode vir tanto do filho mais velho, quanto do filho mais novo. Muitos artigos ressaltam o ciúme do filho primogênito quando este recebe um irmãozinho novo, mas o ciúme pode vir em qualquer época. É preciso entender a situação e perceber o porquê a criança tem este sentimento. 
Avalie o seu próprio comportamento e se você, em virtude de uma vida muito corrida, não tem deixado de dar atenção a esta criança. A baixa autoestima também pode desencadear sentimentos de ciúmes.

Criança destronada

Um filho único pode ser considerado um reizinho. Todo o amor, todos os brinquedos e toda a atenção da família é para ele. Ele é o dono da situação. De repente surge uma pessoa do nada e torna tudo diferente.
Ele terá que dividir as atenções, brinquedos e tudo que antes era somente dele. Nesta hora a criança fará tudo o que for preciso para chamar a atenção. Poderá ficar mais agressiva, mais triste ou birrenta. Alguns chegam a regredir imitando a conduta do bebê. Ele poderá voltar a fazer xixi na cama, chupar os dedos e a pedir colo com mais frequência.

Consequências negativas

Em casos mais graves podemos perceber que a criança sofre muito com o ciúme. Ela começa a sentir rejeição e luta contra rotinas do cotidiano como escovar os dentes, dormir, comer, etc. Além disso, podemos perceber sintomas físicos como dor de cabeça, dor de barriga e perda de apetite. Avalie essa situação de perto e busque auxílio profissional. Algumas seções com um psicólogo podem ajudá-la a entender melhor a situação.

Consequências positivas

Durante toda a sua vida, o ser humano disputa a atenção com outras pessoas. Isso pode ocorrer em família, no trabalho, entre amigos, etc. Esta disputa precisa ser pautada pelo respeito ao próximo e pela superação.
Na infância esses ciúmes podem incentivar a criança a ser melhor em tudo, mais forte, mais inteligente ou o mais rápido. Na tentativa de se mostrar melhor que o seu irmãozinho ele buscará se superar, e isso, ele poderá levar por toda a sua vida. No entanto, não deixe que ele se sinta sozinho ou abandonado, dê a ele toda a atenção e carinho que ele merece.

Como ajudar o seu filho

Converse, mas converse muito com o seu filho. Promova momentos de carinho e compreensão para que ele possa se expressar. Ele precisa exteriorizar toda a angústia que sente. Isso o ajudará a entender a situação e saber que não é menos amado que o seu irmão. Separe um tempo único e especial para fazer coisas que ele goste, desta forma, ele se sentirá mais valorizado.
Estabeleça uma parceria e mostre que ele é importante na família. Em casos mais graves que envolva agressividade ou depressão não deixe de buscar ajuda profissional.

Categorias

Fique informado!

+ Posts

Como identificar características da deficiência auditiva e da surdez
Como identificar características da deficiência auditiva e da surdez
Saiba como cuidar do umbigo do bebê recém-nascido
Saiba como cuidar do umbigo do bebê recém-nascido
6 dicas especiais  para grávidas de primeira viagem
6 dicas especiais para grávidas de primeira viagem
Criança estressada tem menor desempenho na escola. Entenda por que
Criança estressada tem menor desempenho na escola. Entenda por que
Saiba quais são os sintomas de autismo em crianças
Saiba quais são os sintomas de autismo em crianças